Impostômetro bate a marca de R$ 1,8 trilhão

02/12/2016

Imagem: Thinkstock
 
O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) registra, nesta segunda-feira (28/11), a marca de R$ 1,8 trilhão. 
 
O montante representa o total de impostos, taxas e contribuições que o brasileiro pagou desde o início do ano. Em 2015, esse mesmo montante foi arrecado dois dias depois, em 30 de novembro. 
 
A marca alcançada mais cedo em 2016 indica aumento na arrecadação. “Mas essa melhora não decorre da recuperação da economia. O governo até teve uma arrecadação maior no último mês por conta da repatriação, mas não existe, ainda, melhora do consumo. A atividade econômica, embora não esteja piorando, ainda sofre os efeitos recessivos”, diz Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).
 
No portal do Impostômetro é possível visualizar os valores arrecadados por período, estado, município e categoria (produção, circulação, renda, propriedade). O painel foi implantado em 2005 pela ACSP para conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária e incentivá-lo a cobrar os governos por serviços públicos de qualidade. 
 
Está localizado na sede da entidade, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista. Outros municípios se espelharam na iniciativa e instalaram painéis, a exemplo de Florianópolis, Guarulhos, Manaus, Rio de Janeiro e Brasília.  
 
Fonte: Diário do Comércio

 

Mais notícias